Topo

Lobão fica revoltado com colunista ao ser comparado com Oswaldo Montenegro

Chico Barney

15/09/2018 12h29

"Cuidar de amor exige maestria, e Léo e Bia souberam amar…" (Foto: Divulgação)

O cantor Lobão está escalado como o convidado de hoje do programa "Unisex" da rádio Jovem Pan, apresentado pelo comediante Maurício Meirelles e a jornalista Fabíola Braga. Naquela gostosa mistura de interação com a audiência e preguiça de pensar pauta, Meirelles pediu sugestões de perguntas para os fãs.

Como estava de passagem pelo Twitter, resolvi mandar uma questão para o cantor, que encontra-se entre os meus favoritos. Ando curioso para saber se ele teria coragem de revelar que vem sendo influenciado pelo trabalho de Oswaldo Montenegro em seus discos mais recentes.

Eis que acabei conseguindo uma entrevista exclusiva aqui para o Blog do Chico Barney. O próprio Lobão resolveu me responder por Twitter, atravessando o samba da Jovem Pan. Veja como o papo se desenrolou.

Blog do Chico Barney: Quando o Lobão vai admitir a enorme influência de Oswaldo Montenegro no seu atual jeito de cantar e até mesmo de cuidar da barba?

Lobão: Esse aí não tem a menor ideia do que está falando! Chega a ser cômica a teoria…

Boa parte dos vocais do excelente disco com canções dos anos 80 parece saída da mesma sessão em que Oswaldo entregou ao mundo "Voa Condor".

Imaginar algo assim é passar atestado de total ignorância sobre música e total ausência de sensibilidade musical. Delírio completo. Só que eu nunca ouvi nada do dito cantor que não fosse a tal da "Agonia"!

Impossível ter passado as últimas décadas incólume ao assovio sereno do bardo Montenegro… Está claro que o senhor foi influenciado, mesmo que por osmose. A forma como está cantando agora, na plenitude da maturidade, é puro Oswaldo! Parabéns!

NUNCA OUVI NADA SOBRE.PIDE TER ABSOLUTA CERTEZA. (SIC)

Lobão, pode confessar. Não precisa ter vergonha de assumir que ouve nosso bardo. Acho lindo o jeito como você capturou as texturas da voz de Oswaldo.

Não acho que o amigo leitor terá a oportunidade de ler outras entrevistas do Lobão por aqui, pois fui bloqueado pelo cantor depois da última mensagem.

Ouça o trabalho mais recente de João Luiz Woerdenbag Filho e tire suas próprias conclusões!

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Sobre o autor

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002

Chico Barney