Topo
Blog do Chico Barney

Blog do Chico Barney

Deficiência não é a pauta principal em novo talk show inclusivo

Chico Barney

26/09/2018 10h31

(Foto: Reprodução)

Muita coisa me incomodava na novela "O Outro Lado do Paraíso", mas nada frustrava mais do que o arco narrativo da personagem Estela, vivida pela atriz Juliana Caldeira. Antes da estreia do folhetim de Walcyr Carrasco, tanto crítica quanto boa parte da sociedade civil celebravam a inclusão de uma pessoa com nanismo em um drama televisivo. Até então, era comum ver anões apenas como alívios cômicos em programas de humor.

O problema é que Estela existia na trama apenas para ser humilhada pela mãe por conta de sua condição física. Todos os seus dramas giravam em torno disso, numa pobreza dramatúrgica constrangedora. Era como se ela não fosse uma pessoa, mas um avatar para discutir da maneira mais rasteira possível a questão do preconceito. Gosto muito desse texto da Cristina Padiglione a respeito do caso.

E isso ocorre de maneira bastante recorrente com quase todos os grupos sociais que estão fora do que se convencionou chamar de padrão.

É nesse vácuo que o talk show "Mudando de Assunto" chama atenção no YouTube. Produzido pela Sondery, uma consultoria focada em acessibilidade na comunicação, o programa traz como convidados apenas pessoas com deficiência para conversar sobre qualquer coisa que não seja acessibilidade ou deficiência.

O programa nasceu da ideia de que a mídia tradicional não dá voz (ou sinais) para as pessoas com deficiência. Não há representatividade. Quando um programa de entrevistas ou noticiário fala com uma pessoa com deficiência é para falar das dificuldades e das superações. E a gente cansou desse papo capacitista e superheróico.

"Você ainda acha que pessoa com deficiência só sabe falar sobre isso?", questiona a apresentadora Ana Clara Schneider, que também é a fundadora da consultoria. "A nossa ideia é entrevistar pessoas incríveis e ouvir o que elas têm para falar, assim como qualquer programa de entrevistas. Ah, com um pequeno detalhe de diferente: as pessoas têm deficiências."

Entrevistamos um ator que acabou de gravar quatro filmes que estão para estrear em breve, um escultor incrível que faz peças em argila e metal, um arte educador que organiza uma batalha de poesias, uma das maiores youtubers do Brasil… olha só quantos assuntos bacanas que esse pessoal tem para falar.

O formato é acessível para todos, respeitando a ideia central da iniciativa. A intérprete de libras, por exemplo, está em cena o tempo inteiro, ao lado de Ana e do entrevistado, em vez de confinada naquela janelinha no canto da tela. Os vídeos também oferecem audiodescrição e legendas.

Equipe responsável por "Mudando de Assunto" (Foto: Divulgação)

A Sondery é uma consultoria que tem como missão "transformar o mundo da comunicação e pensá-lo de uma maneira acessível e inclusiva". Trocando em miúdos, a empresa defende que existe um público consumidor que está à margem do capitalismo selvagem pela mera falta de habilidade do mercado em recebê-los da maneira devida.

Segundo dados da consultoria, são 46 milhões de pessoas com alguma deficiência no Brasil, movimentando R$ 5,5 bilhões. A principal missão é transformar o conteúdo do marketing amigável para todos esses brasileiros –cujo consumo possui grandes possibilidades para crescer.

Conheça mais sobre o trabalho fundamental da Sondery. O Blog do Chico Barney é fã de carteirinha do pessoal.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Sobre o autor

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002

Chico Barney