Topo
Blog do Chico Barney

Blog do Chico Barney

Salgadinho nega que "Inaraí" seja sobre criança: "não sou pedófilo!"

Chico Barney

30/11/2018 19h18

Foto: Reprodução

O pagodeiro Salgadinho esteve no programa "Conversa com Bial" e explicou a origem do maior sucesso do grupo Katinguelê, o clássico noventista "Inaraí".

De acordo com o cantor, que também é um dos compositores da canção, a letra seria uma homenagem a uma prima de um amigo que outro colega namorava eventualmente.

Durante toda a sexta-feira posterior à exibição do programa, várias redações ao redor do país foram surpreendidas por um curioso release com o título bastante sedutor: "Comunicado oficial sobre origem da música Inaraí".

O texto refutava de maneira inclemente o posicionamento de Salgadinho, deixando à mostra algumas rusgas entre os ex-colegas de Katinguelê.

"O grupo se posiciona que as informações veiculadas não são verdadeiras. "Inaraí" é filha do Juninho do Banjo, um dos integrantes do grupo. A composição é dele e de Salgadinho, hoje a Inaraí tem 21 anos, mas na época, em 1998, ela era uma criança com um ano de idade."

Os pagodeiros ainda acusam o ex-vocalista de trazer ao público uma informação caluniosa, que "fere os atuais pensamentos de respeito a dignidade das mulheres. A música, sendo uma homenagem de pai para filha, não deveria ser retratada com tamanho desrespeito".

No fim da tarde, Paulo Salgado também fez um pronunciamento. Um pouco mais sucinto, escreveu no Instagram: "Inaraí não é uma música feita para uma criancinha!!!! Só digo isso: não sou pedófilo! #baixaria".

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

SÓ DIGO ISSO "NÃO SOU PEDÓFILO" #baixaria

Uma publicação compartilhada por Paulo Salgado 🎶 (@salgadinhooficial) em

O assunto possui todos os predicados para render um bocado.

Relembre a impactante letra do sucesso "Inaraí" e prestigie o belíssimo som.

Seu corpo é o mar por onde quero navegar
E no meu colo te ninar
Sua boca tem um beijo tão gostoso de provar
Cada vez mais quero beijar
No seu cabelo um cheiro bom que fica pelo ar
Tão doce é o perfume de você Inara
Inara é a minha vida, meu sorriso, meu sonhar
Inara meu véu de luar
Eu gosto quando vejo o seu olhar no meu olhar
Dizendo pra mim vem me amar
Inara é a minha gueixa que me faz um bem
Não troco minha amada Inara por ninguém
Inara, Inara, Inara, Inaraí
Inara, Inara, Inara, Inaraí
Inara, Inara, Inara, Inaraí
Inara, Inara, Inara, Inaraí
Cura para minha dor
Meu mel, meu tudo, minha flor
Mas se é pra falar de amor eu falarei Inara
Inara, Inara, Inara, Inaraí
Inara, Inara, Inara, Inaraí
Inara, Inara, Inara, Inaraí

É lógico que voltamos a qualquer momento com novas informações.

Sobre o autor

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002