Topo
Blog do Chico Barney

Blog do Chico Barney

Fernanda Lima tem razão ao se indignar com Eduardo Costa na Globo

Chico Barney

02/12/2018 20h26

Foto: Reprodução

O FUNDAMENTAL Ricardo Feltrin avisou em sua coluna aqui no UOL: Fernanda Lima teria se sentido pessoalmente ofendida com a presença de Eduardo Costa no programa "Conversa com Bial" na última semana.

Escreveu Feltrin:

A atriz e apresentadora Fernanda Lima ficou "possessa" quando soube que a exibição da entrevista do cantor Eduardo Costa havia sido confirmada no "Conversa com Bial". A coluna apurou que ela se irritou e manifestou isso a pessoas ligadas ao programa de Pedro Bial, pouco antes da entrevista com o cantor ir ao ar. Fernanda estava inconformada. Considerou o espaço dado ao cantor uma "traição" dos colegas. Ela foi ofendida pelo cantor no mês passado, em postagem na internet.

Existe um ponto básico de qualquer estrutura corporativa que corrobora para o suposto posicionamento de Lima: você não coaduna com quem desrespeita seus funcionários. A menos que existisse um mea culpa muito bem estruturado entre uma coisa e outra, a Globo não deveria ter dado espaço para Costa.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Fernanda Lima (@fernandalimaoficial) em

Vamos rememorar a postagem que o cantor sertanejo fez contra a pessoa de Fernanda Lima algumas semanas atrás, motivado pelo excerto acima reproduzido do programa "Amor & Sexo".

"Mais de 60 milhões de brasileiros e brasileiras votaram no Bolsonaro e agora essa imbecil com esse discurso de esquerdista!!! Ela pode ter certeza de uma coisa, a mamata vai acabar, a corda sempre arrebenta por lado mais fraco e o lado mais fraco hoje é o que ela está. Será que essa senhora só faz programa pra maconheiro, pra bandido, pra esquerdista derrotado e pra esses projetos de artistas assim como ela? Bolsonaro não está sozinho, o povo está com ele e a senhora pode ter certeza, o Brasil vai sabotar é a senhora se DEUS quiser. Sérgio Moro vai começar a ajudar a sabotar, pode esperar kkkk e tenho dito."

Independentemente do espectro político em que o amigo leitor se encontra, creio que há de concordar que não é com esse tipo de discurso que um profissional deve se colocar perante seus colegas de showbiz. O texto é recheado de preconceitos deprimentes e extremamente desrespeitoso aos outros realizadores do programa e seus participantes, não só à apresentadora.

Mas graças aos avanços civilizatórios da democracia, vivemos em um país onde reina a liberdade de expressão –e Costa tem todo o direito de ser truculento e brucutu em seus posicionamentos no Instagram.

O que causa espanto é a Globo chamar o cantor para uma partida de frescobol com Pedro Bial depois de um pedido de desculpas tão chinfrim quanto este que reproduzo abaixo.

"A mesma coragem que eu tenho para falar e expor as minhas opiniões em relação a qualquer tipo de assunto, eu quero ter essa coragem de vir aqui no seu programa e pedir desculpas pra Fernanda Lima, pra família da Fernanda Lima, para o marido dela, para os filhos", disse em vídeo gravado posteriormente à gravação de sua entrevista nos estúdios globais da Berrini.

Edu no programa do Pê (Foto: Reprodução)

O posicionamento de Bial frente ao entrevero pareceu bastante alinhado aos novos tempos, uma eloquente tragédia diplomática.

"Nós já tínhamos gravado um feliz programa com o cantor Eduardo Costa quando sobreveio um infeliz incidente. Minha querida amiga Fernanda Lima encerrou seu programa Amor & Sexo com um editorial feminista. Eduardo Costa não gostou da fala de Fernanda, o que é mais do que seu direito. Só que Edu foi pras redes sociais e atacou a Fernanda em termos grosseiros. A gente não podia botar nosso programa gravado com o Edu sem falar disso e sem dar a ele a chance de explicar por que se manifestou de forma tão rude", disse o apresentador.

Creio que o texto lido por Bial sobre "o Edu" deixa claro que Fernanda Lima, portanto, está coberta de razão em sua revolta.

Minimizar a manifestação inicial de Costa na qualidade de um "infeliz incidente" vai contra as definições mais rasteiras de educação e bons modos. É uma discussão que não precisa nem chegar em temas espinhosos e controversos como ideologia ou política. Tudo muito simples.

Uma empresa como a Globo deve prezar pelos seus, defendê-los e respeitá-los.

Para encerrar, Ricardo Feltrin escreve que a emissora "nega que a apresentadora tenha reclamado com o 'Conversa'. 'Não houve questão alguma de Fernanda com Bial"', de acordo com a assessoria.

Aproveitando o ensejo, leia sempre a Coluna do Feltrin.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Sobre o autor

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002