Topo

Bacci faz sucesso com "Casos de Família" do mundo cão no "Cidade Alerta"

Chico Barney

02/01/2019 19h44

Foto: Reprodução

Luiz Bacci está fazendo o maior sucesso com a atual fase do "Cidade Alerta", jornalístico especializado em crimes nos inícios de noite da Record. Mas não está com a vida fácil. "Esse programa demanda uma energia muito grande. Por isso fiquei um mês de férias pela primeira vez na vida", comentou durante o programa de hoje.

O grande destaque do episódio da quarta-feira foi o sumiço de Camila, que não deu mais as caras em casa depois de brigar com Lucas, o ex-namorado. Já são 13 dias sem notícias concretas sobre o paradeiro da garota.

Para dar uma apimentada na narrativa, Bacci organizou um acareação entre as mães dos integrantes do ex-casal. Em um link ao vivo, Luciene, progenitora de Lucas, e Clemilda, mãe da Camila, foram convidadas a defender os lados dos filhos em um papo tenso com o apresentador. Virou uma inusitada mistura de "Aqui Agora" com "Casos de Família".

Luciene chamou Bacci de Batman algumas vezes, o que garantiu os únicos momentos de leveza nessa história toda, até que foi corrigida pela repórter lá pela quarta ou quinta vez.

Em paralelo a isso, a jornalista Taynara Figueiredo conseguiu uma entrevista exclusiva com o tal Lucas. Sobre o futuro do relacionamento com Camila, o rapaz avisou: "Não dá mais depois de tudo isso, com televisão e tudo". Mas tratou de tranquilizar a nação: "Antes de namorar comigo ela já fez isso, sumiu duas semanas". Os dois estavam juntos há 3 anos, desde quando ela tinha 15.

Bacci não pareceu muito impressionado com o depoimento do cidadão. A mãe de Lucas acusou a ex-nora de gostar muito de balada, dormir fora de casa e usar drogas. Dona Clemilda logo rebateu com a informação de que a filha apanhava do namorado. O "Cidade Alerta" parece tratá-lo como suspeito.

"Parecem duas mulheres muito honestas, e não tem culpa se o filho ou a filha seguem caminhos diferentes do que ensinaram em casa", apaziguou o apresentador. E emendou: "Quem tá correndo risco de morte é a pessoa desaparecida".

"Tem muita gente ameaçando meu filho. Falando que se ela não aparecer, vão dar um basta nele", protestou dona Luciene.

"A senhora fala com uma certeza que está tudo bem com essa menina que vai contra tudo o que sabemos", provocou o apresentador.

Pode ser eticamente questionável, mas é um formato extremamente bem sucedido no objetivo de capturar a atenção dos telespectadores. Como um folhetim sem o perigo de spoilers, a história ganhará um novo capítulo no programa de amanhã. Torço por um final feliz para Camila.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Sobre o autor

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002

Chico Barney