Topo
Blog do Chico Barney

Blog do Chico Barney

Crise no mercado editorial: ex-BBBs não posam nuas para revistas desde 2014

Chico Barney

05/01/2019 12h19

Foto: Reprodução

Houve uma época em que as redações de revistas masculinas aguardavam ansiosas o começo das novas temporadas do Big Brother Brasil. Bom, houve uma época em que as redações de revistas masculinas existiam.

Mas tergiverso. Quero dizer que o programa foi uma importante alavanca para excelentes vendagens durante um longo período.

Grazi Massafera vendeu mais de meio milhão de cópias de sua Playboy em 2005. Dois anos depois, Fani e Íris Stefanelli venderam mais de 300 mil cada uma. É uma lista longa e, na maior parte, muito bem sucedida. De acordo com um rápido levantamento, Sabrina Sato foi a recordista com 600 mil revistas em 2003.

Praticamente metade da programação anual da Playboy era dedicada às ex-BBBs. A preferência pelas mulheres egressas do reality show já era um primeiro sintoma da crise. Sem bala na agulha para garantir os altos cachês de outrora, não conseguia mais cooptar as celebridades de primeira linha com tanta frequência.

Mas chegou um momento em que ficou difícil até para as ex-BBBs. A 14ª temporada foi a última a emplacar nas bancas de jornal. Amanda Gontijo em maio e a campeã Vanessa Mesquita em julho encerraram a longeva parceria entre o programa e a revista. E foram as primeiras a vender menos de 100 mil cópias.

Grazi e Sabrina: recordistas na Playboy (Foto: Reprodução)

A derradeira capa de uma revista masculina dedicada ao programa foi em novembro do mesmo ano, com fotos picantes de Clara Aguiar na Sexy. Depois disso, a Playboy passou a apostar em sub-Panicats, até fechar as portas em dezembro de 2015. A rápida sobrevida que ganhou a partir do ano seguinte não deu espaço para participantes de reality show. E a Sexy continua de portas abertas, investindo principalmente em Miss Bumbuns e adjacências.

Com a crise do mercado editorial e as revistas masculinas minguando, o BBB 19 provavelmente será a 5ª edição sem ex-participantes nuas nas bancas. No ano passado, a bruxinha Ana Paula parecia ignorar toda a grave situação e ainda sonhava com um ensaio sensual. É bom lembrar que o site da Globo especializado no assunto, o popular Paparazzo, também não existe mais.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Sobre o autor

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002