Topo
Blog do Chico Barney

Blog do Chico Barney

Bolsonaro de Adnet é o nosso melhor presidente desde Lula do Bussunda

Chico Barney

2016-01-20T19:11:05

16/01/2019 11h05

Imagem: Reprodução

O quadro "A Vila Militar do Chaves", destaque na estreia da última temporada do humorístico "Tá No Ar", conseguiu fazer frente até mesmo à repercussão do primeiro dia de BBB19. E não foi por acaso.

A mera presença de atores fantasiados como os personagens de Chaves em um programa da Rede Globo já havia causado burburinho nas redes sociais. Mas a surpreendente entrada de Marcelo Adnet como Bolsonaro, o novo dono da vila no lugar do Seu Barriga, foi provavelmente o auge da televisão brasileira nos últimos anos.

O governo Bolsonaro promete ser espetacular para Adnet. É definitivamente o melhor imitador do presidente –com o benefício de sempre apresentar um texto campeão.

Se observarmos a história recente do humor político no Brasil, o Bolsodnet já é um marco.

Foto: Reprodução

Na humilde opinião deste que vos escreve, trata-se da mais icônica representação de um comandante desta nau desde o inacreditável Luís Inácio Lula da Silva perpetrado pelo saudoso Bussunda no "Casseta & Planeta Urgente".

Foto: Reprodução

O programa foi responsável pelas mais fascinantes sátiras da Nova República. Nem todo mundo lembra do Itamar Franco da vida real, mas não há quem não simpatize com o bordão "é pro Fantástico?" do genial Reinaldo.

Foto: Reprodução

Depois dele, tivemos Hubert reinventando Fernando Henrique Cardoso para o futuro. Chegou a um ponto em que é o FHC quem imita a interpretação do humorista.

Foto: Reprodução

Já na reta final do lulopetismo e do próprio Casseta & Planeta, em sua fase "Vai Fundo!", foi Gustavo Mendes quem melhor encarnou Dilma Rousseff e todas as suas idiossincrasias. Revelado nas divisões de base do site Kibe Loco, foi para a Globo e viu o programa ser tão cancelado quanto o próprio governo da presidenta.

Foto: Reprodução

Coube à visão aguçada de Fernando Caruso o papel de Michel Temer do Zorra. Coube também a ele uma popularidade equivalente a do eterno vice-presidente decorativo.

Com Jair Bolsonaro, Marcelo Adnet retoma a excelente tradição global de escrachar os comandantes em chefe da nação. E em um alto nível que não era visto desde a fase áurea do Casseta & Planeta. Não é pouca coisa.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Sobre o autor

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002