Topo
Blog do Chico Barney

Blog do Chico Barney

"The Wall" é o melhor motivo para Luciano Huck não virar presidente

Chico Barney

28/03/2019 12h02

Foto: Reprodução

Já critiquei muitas vezes aqui Luciano Huck e o seu "Caldeirão", pelos mais variados motivos. Mas a predileção do apresentador por game shows para toda a família está fazendo minha cabeça.

"The Wall" é o melhor deles, apesar de sentir falta de um nome em português. "Paredão do Huck" ficaria bem melhor, mas imagino que a decisão seja fruto de intrincados acordos com a empresa proprietária do jogo.

É uma mistura de "Show do Milhão" com pinball. O participante precisa dar as respostas certas e ainda jogar as bolas nos canos mais propensos a fazer dinheiro. São várias etapas e é muito mais divertido assistir do que acompanhar minha explicação a respeito, prometo.

Como qualquer quadro do "Caldeirão", Luciano investe nas histórias dos postulantes ao prêmio. A abordagem é bastante positiva, de um jeito muito simples e direto. O casal gay que precisa de grana para fazer uma festança de casamento, os empreendedores que possuem uma cafeteria que só contrata funcionários com síndrome de down. Em vez de dramalhão ou tintas pesadas, alguma inspiração entre uma pergunta e outra.

Huck também continua evoluindo, de vez em quando fazendo aquele ar blasé, meio Sílvio Santos, e em outros momentos demonstrando interesse real na vida dos participantes. Faz intervenções divertidas, sem excessos nem maiores afetações, e humaniza sua própria figura ao tentar adivinhar algumas respostas junto com os participantes.

O quadro está na sua segunda temporada aqui no Brasil. Trata-se do melhor projeto de Luciano Huck atualmente, e um excelente motivo para mantê-lo longe de eventuais disputas pelo Planalto. Inclusive é o tipo de formato que cairia muito bem no domingo à tarde, naquele eterno vácuo existencial que a Globo ostenta antes do futebol. Que tal testar o apresentador em novo horário?

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Sobre o autor

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002

Chico Barney