Topo

Tévez saiu do Corinthians há 13 anos, mas o Cabrito continua firme no SBT

Chico Barney

13/05/2019 14h49

Duas vidas num só ideal (Fotos: Reprodução)

Carlitos Tévez foi a sensação do futebol brasileiro em 2005. O jovem jogador chegou no Corinthians como um importante reforço vindo do Boca Juniors. Seu jeitão pitoresco logo cativou a torcida e garantiu horas e mais horas de acalorados debates na imprensa especializada. O argentino virou uma avassaladora coqueluche.

O craque da seleção argentina não tardou em picar a mula e no ano seguinte foi fazer seus gols em outras pradarias. Apesar da fase marcante, muitos outros ídolos surgiram nesses 13 anos que nos trouxeram até aqui. A vida seguiu seu rumo, como sempre acaba acontecendo.

Menos para o humorista Alexandre Porpetone, que criou na época o personagem Cabrito Téves, uma evidente brincadeira com o atacante. Munido do bordão "la pregunta?", Porpetone já dobrou o cabo da Boa Esperança e hoje não depende de qualquer referência anterior ao homenageado para fazer o público rir.

O personagem começou sua longeva carreira televisiva como atração do clássico "A Praça é Nossa". Quando Tévez virou notícia velha, o humorista não tirou o time de campo. Continuou avançando rumo ao gol, e já há alguns anos estrela o quadro "Jogo dos Pontinhos" do Programa Silvio Santos, ao lado de outras figuras incríveis como Carlinhos Aguiar, Flor e Hellen Ganzarolli.

O tempo passa de um jeito diferente no SBT. Em qualquer outro lugar, a função de um imitador do Carlito Tévez seria rapidamente esvaziada. Entre uma reprise e outra do Chaves ou das câmeras escondidas com Ivo Holanda, Cabrito continua emitindo bordões cujo sentido original já se perdeu nas gavetas empoeiradas da memória. Por mim, tudo bem.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Sobre o autor

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002

Chico Barney