Topo

Refilmar "Saga da Fênix" é um desrespeito com X3, melhor filme dos X-Men

Chico Barney

06/06/2019 21h16

Foto: Reprodução

A essa altura do campeonato, já não é segredo para ninguém que os filmes dos X-Men são quase todos muito ruins. Ficamos muito emocionados com aquelas bobajadas dirigidas pelo Bryan Singer no começo do novo milênio por desconhecer na época qualquer tipo de dignidade em entretenimento cinematográfico protagonizado por personagens de quadrinhos.

Sei que a frase anterior ficou muito longa, mas bem menos longa que a triste trajetória dos mutantes nos cinemas. Foram quase 20 anos de filmes ruins, recorde que provavelmente só será batido pelo Leandro Hassum. Mas entre todas as infelizes realizações cinematográficas, uma se destaca: "X-Men 3 – Confronto Final".

Hassumverine vem aí? (Foto: Reprodução)

O terceiro episódio da saga de Wolverine & seus amigos nas telonas foi lamentada pelos críticos e ofendida pelos fãs. Tomo aqui a liberdade de avisá-los com certo atraso: não entenderam nada! É a mais perfeita transposição dos alunos de Charles Xavier para o cinema. E a única!

Muito se especula sobre X-Men ser uma metáfora sobre preconceito e resistência. Que nada! Sempre foi um gibi sobre personagens que morrem o tempo todo só para ressuscitarem no mês seguinte. E nenhum outro filme entregou esse conceito com mais maestria do que "Confronto Final".

Famke Janssen ainda é quem melhor entendeu o lado trágico das super-heroínas da Marvel. No papel de Jean Grey, ela bota para quebrar no que seria o mais odiado filme da franquia. Uma pena que a incompreensão tenha persistido a ponto de tentarem recontar a história com um elenco ainda mais carente de carisma que o original –que já não era nenhum "A Fazenda 6". Um desrespeito imperdoável por parte da Fox. Sorte que essa palhaçada chegou ao fim.

Reprodução

Quem ousar prestigiar novamente o filmaço dirigido por Brett Ratner vai se surpreender. Diálogos pavorosos, personagens que chegam do nada e vão embora sem qualquer explicação, uma fiapo de trama desprovido de nexo e pancadaria muito mal coreografada: tudo o que os melhores gibis dos X-Men apresentaram aos leitores ao longo dos últimos 60 anos está lá.

Ah, que saudades de um bom clássico!

Leia mais:
Roberto Sadovski odiou "Fênix Negra"
Sansa de "Game of Thrones" deixa a desejar como Fênix Negra
A cronologia dos X-Men nos cinemas também é uma zona 

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Sobre o autor

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002

Chico Barney