Topo
Blog do Chico Barney

Blog do Chico Barney

Mauricio de Sousa faz revolução com Mônica insegura e Sansão falante

Chico Barney

14/07/2019 14h48

Reprodução

Os fãs da Turma da Mônica estão vivendo um ano de intensas emoções. Depois do elogiadíssimo filme live action que está fazendo marmanjo chorar largado no cinema, chegou às bancas um novíssimo mangá protagonizado pelos personagens do Mauricio de Sousa.

"Turma da Mônica Geração 12" mostra a rapaziada com 12 anos, no meio do caminho entre a versão original e as aventuras do selo "Jovem". A premissa é muito interessante: Astronauta Pereira, aquele da roupa que parece um ovo, montou uma escola para formar novos aventureiros espaciais. Como se fosse CEFET intergaláctica, toda a turminha está matriculada lá, no afã de enfrentar alienígenas e singrar o cosmo.

Além da trama rocambolesca, outras revoluções chamam atenção. Mônica não lembra em nada a garota cheia de si que dava uma sova nos bullies Cebolinha e Cascão. É como se a puberdade tivesse deixado o coração do Cebolinha mais peludo e a Mônica muito mais sensível, triste e insegura com qualquer obstáculo que apareça pela frente.

Um homem chamado Astronauta Pereira (aqui em sua versão mais antiga) / Reprodução

Essa mudança de personalidade me lembrou um pouco o que aconteceu com Maria da Paz em "A Dona do Pedaço" depois da primeira fase. Não faz muito sentido, mas tudo bem, vamos em frente. Ao contrário da novela, pelo menos o gibi é divertido.

E a Mônica começa a voltar ao normal quando reencontra o coelhinho Sansão. Como é uma história mais viajandona, inspirada na obra de artistas como Osamu Tezuka, o animal de pelúcia ganha vida e se torna o maior tagarela –inclusive reclamando dos violentos arremessos da proprietária.

A nova versão do Cebolinha parece vilão de série teen da Netflix / Reprodução

O visual do Astronauta Pereira remete às graphic novels de autoria do Danilo Beyruth. Como o personagem está sumido depois de uma missão, é de se esperar que em algum momento a turminha vá empreender seu resgate.

Trata-se de uma interpretação muito criativa e até inesperada dos personagens. O primeiro arco tem 6 volumes que serão publicados bimestralmente ao longo do próximo ano. Gostei bastante e recomendo para crianças de todas as idades e outras pessoas tão imaturas quanto eu.

LEIA TAMBÉM

Cebolinha ficou abalado emocionalmente com recado da Eleven de "Stranger Things"

"Turma da Mônica – Laços" é um filme para quem cresceu lendo Mauricio de Sousa

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Sobre o autor

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002