Topo
Blog do Chico Barney

Blog do Chico Barney

Cadê a criatividade? Toda semana tem alguém diferente chantageando Josiane

Chico Barney

28/08/2019 21h51

Com a boca na botija (Reprodução)

Josiane é a vilã mais perseguida da história da teledramaturgia mundial. Dá até pena! A pobre coitada é tão humana, demasiadamente humana, em suas pretensões imorais que acaba deixando uma trilha de evidências que fazem com que ela se torne alvo constante de gente pior que ela.

Primeiro foi o Jardel, um mordomo intrometido que tentou faturar uma grana depois de fotografar a herdeira do caos em momento íntimo com o marido da mãe, o Régis, que na época era casado com nossa querida Maria da Incapaz. Papo vem, papo vai, e o mordomo dessa fez foi vítima em vez de culpado: Josiane empurrou o rapaz na frente de um ônibus. Isso não faz nem um mês –a cena foi ao ar no dia 6 de agosto.

Mas a chantagem não acabou ali. Pois o cônjuge do rapaz ficou sabendo do flagra e logo descobriu que a jovem diabólica tinha cometido o assassinato. Levou o caso para a polícia? Que nada! Resolveu insistir no mesmo erro, claro, pois imagine só obrigar o roteirista ocupado com tantas laudas por dia a pensar em situações novas. O garotão pediu uma grana e combinou de fazer a entrega em um edifício pouco movimentado. Terminou o capítulo estatelado no chão do térreo, é evidente.

Efeitos especiais ajudam a contar a trajetória de Josiane. Na imagem acima, a segunda vítima está caindo de um prédio. (Reprodução)

Desde a semana passada, Josiane está às voltas com a chantagem de outro mal elemento. O parente que ela descolou para colocar fogo na fábrica da mãe descobriu que ela pegou todo o dinheiro da Incapaz e agora quer metade. Josiane ainda não descobriu nenhuma pirambeira para empurrar o rapaz morro abaixo, mas tenho certeza que está avaliando a possibilidade.

Como cereja do bolo, a rainha da impulsão mortal está com outra inimiga no seu encalço: a Fabiana, que cresceu num convento mas não é de Deus. A quase freira pretende comprar a fábrica de bolos que está sob os cuidados de Josiane pela metade do preço. Como ela vai conseguir esse desconto? Apelando para uma chantagem, oras.

Pessoas que chantageiam as outras para empreender (Reprodução)

Quis o destino, ou o prazo para a entrega do roteiro, que a Fabiana estivesse passando pela rua no exato momento em que Josiane empurrou Jardel –pois é, lá no episódio do dia 6 de agosto. Como vilã trouxa morre em prequel, a infernal religiosa tirou uma foto do momento exato do empurrão fatal e colocou na mesa de negociação. Toma essa, "Shark Tank"!

É como se estivéssemos assistindo a um "Zorra Total" em que o bordão da personagem é ser chantageada. Se a ideia era divertir, tudo bem, confesso que estou dando gostosas risadas. Mas em uma novela da Globo às 21 horas, convenhamos, era de se esperar um pouco mais de criatividade na elaboração de tensões na trama.

LEIA TAMBÉM

7 provas de que Vivi Guedes é uma influencer muito mixuruca

Absurda e sem sentido, "A Dona do Pedaço" é uma novela imperdível

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Sobre o autor

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002