Topo
Blog do Chico Barney

Blog do Chico Barney

Climão na Record: Luiz Bacci dá bronca em garota que estava desaparecida

Chico Barney

03/01/2019 18h39

Foto: Reprodução

Está resolvido o caso da jovem Camila, que estava desaparecida há 13 dias. O "Cidade Alerta" está fazendo muito sucesso graças a uma peculiar aposta em casos de adolescentes desaparecidas nas regiões periféricas de São Paulo. Escrevi a respeito ontem:

O grande destaque do episódio da quarta-feira foi o sumiço de Camila, que não deu mais as caras em casa depois de brigar com Lucas, o ex-namorado. Já são 13 dias sem notícias concretas sobre o paradeiro da garota.

Para dar uma apimentada na narrativa, Bacci organizou um acareação entre as mães dos integrantes do ex-casal. Em um link ao vivo, Luciene, progenitora de Lucas, e Clemilda, mãe da Camila, foram convidadas a defender os lados dos filhos em um papo tenso com o apresentador. Virou uma inusitada mistura de "Aqui Agora" com "Casos de Família".

Luciene chamou Bacci de Batman algumas vezes, o que garantiu os únicos momentos de leveza nessa história toda, até que foi corrigida pela repórter lá pela quarta ou quinta vez.

Eis que Camila voltou para casa ontem, depois de ver a mãe sofrendo na tela da Record. No final das contas, ela fugiu depois de brigar com o namorado e nada de mais grave parece ter acontecido. Por conta de um suposto histórico de agressões, havia alguma suspeita em cima de Lucas.

Como a garota foi vista em uma festa durante o sumiço, Bacci fez questão de dar o maior sermão. "Nunca vi uma pessoa que está muito mal e vai em festa", disse.

O apresentador também não aliviou para a mãe, dona Clemilda, que estava muito emocionada com a ajuda da emissora no momento de crise. "Não pode passar tanto a mão na cabeça. Não só ela precisa desse suporte, desse carinho especializado, mas a senhora também precisa desse suporte."

"Isso, Bacci. Eu vou procurar um médico, um psicólogo, o que for necessário. Para minha filha ter a mente que ela tinha antes de conhecer o Lucas", respondeu Clemilda.

Mas o apresentador continuou. "Não adianta só ficar passando a mão na cabeça dela. O erro foi grave. Camila, você é uma menina que gosta dos animais. Mas foi longe demais dessa vez. Você é uma moça bonita, precisa se valorizar. E precisa ir em busca de um homem que só te dê flores."

Depois da bronca, Bacci mostrou a reportagem que narrava o reencontro da família. A equipe do "Cidade Alerta" acompanhou dona Clemilda até a padaria, onde compraram pãezinhos para o primeiro café da manhã depois do final feliz.

Além da festinha em que foi flagrada, parece que Camila passou a maior parte do tempo "andando de trem, pra lá e pra cá". Pedia dinheiro para comprar comida e dormia nas estações.

A respeito de um eventual sentimento de culpa, foi parcimoniosa. "Minha mãe pensou que eu tava morta! Só isso que me magoou", disse a garota.

Com o caso resolvido, o repórter destacado para a missão passou a jogar no modo aleatório. "Se tivesse passado o ano novo em casa, qual roupa teria usado?", quis saber. Camila mostrou um vestido cheio de rosas e outras plantas, sem maiores efeitos para a narrativa.

Aos 18 anos, Camila ainda não concluiu o ensino fundamental. Agora pretende conseguir um emprego como manicure. "Você ainda vai voltar no Cidade Alerta dando muito orgulho para sua mãe", encerrou um esperançoso Luiz Bacci.

E aí cortou para a história de Andreza, de apenas 13 anos, e sua amiga Ana Júlia, que sumiram em um carro prata pelas ruas de Carapicuíba.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Sobre o autor

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002